O sistema nervoso do ser humano


Um ou mais nervos chegam às fibras do músculo do sistema nervoso central. O ponto de contato entre o nervo e a fibra possibilita a contração do músculo. Quando a precisão é importante, como nos movimentos dos dedos ou no olho, apenas um nervo conduz uma ou algumas poucas fibras. Nos músculos que desenvolvem grande força, como o da coxa, um nervo possibilita a contração de até 1000 fibras de uma só vez. O nervo é quem conduz os impulsos elétricos. A transmissão final é feita de forma química, com a substância acetilcolina. A velocidade da comunicação elétrica no nervo chega a 120m/s. Todas as fibras na unidade do nervo são contraídas simultaneamente com a força total, nunca parcial. A quantidade de fibras que trabalham é de acordo com a força necessária para fazer um movimento. Se a gente levanta um copo de leite para beber, apenas algumas fibras são ativadas. Mas se nós levantamos uma caixa pesada, é necessário ativar mais fibras. As fibras só sabem contrair, e nunca parcialmente. Ou tudo ou nada. O equilíbro do corpo quando é movimentado, é feito por mais ou menos fibras, de acordo com a força necessária. A nossa coordenação depende muito dos nervos. Os impulsos precisam chegar no momento certo e demora bastante tempo para executar os movimentos com perfeição. Uma criança demora vários anos para andar com um bom equilíbrio. É um processo complicado. Todo movimento necessita de um perfeito trabalho de milhares de fibras musculares, vários músculos diferentes, alguns fazendo o movimento e outros limitando e ainda outros nos mantendo equilibrados. Quando nós vamos fazer uma atividade física, é comum ouvir que é preciso aquecer primeiro. Na verdade, não são os músculos que vão aquecer. Eles sempre mantêm quase a mesma temperatura. O que a gente na verdade aquece, são os sinais dos nervos. Quando eles aquecem, os músculos começam a trabalhar melhor, com mais equilíbrio e com mais segurança. A massagem sueca tem um muito bom efeito sobre o sistema nervoso central do ser humano.


Artigos